Imagens registram aglomeração no aeroporto de Guarulhos nesta sexta em meio à pandemia de Covid-19

Voos da Latam foram cancelados e provocaram fila, segundo concessionária que administra terminal. Companhia diz que orientou passageiros sobre distância para evitar propagação do vírus

Uma enorme fila de pessoas se formou por volta das 12h desta sexta-feira (10), feriado de Sexta-feira santa, no check-in de embarque da Latam, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Segundo a Gru Airport, concessionária que administra o aeroporto, a fila vista nas imagens tratava-se do embarque de um voo da Latam para João Pessoa, na Paraíba, no terminal 2. O Gru Airport informou também que outros voos da mesma companhia foram cancelados nesta sexta-feira e que as filas se formaram devido à necessidade dos passageiros remarcarem assentos em novos voos.

Mesmo durante a pandemia de coronavírus, que já deixou mais de 970 mortos e 18 mil casos confirmados no país, os passageiros formavam uma longa fila e se aglomeravam no saguão do terminal, sem respeitar a determinação das autoridades sanitárias de que é necessária a distância de pelo menos um metro entre uma pessoa e outra para evitar a contaminação.

Nas imagens, obtidas pela TV Globo, é possível ver na fila de embarque pessoas com máscaras e luvas, equipamentos de proteção contra a propagação do vírus. Mas, a aglomeração é grande e a fila extensa.

Segundo a administradora do aeroporto, logo que percebeu a aglomeração, a empresa acionou a Latam para tomar providências e seguir os protocolos sanitários (veja, abaixo, a nota do Gru Airport sobre o caso).

Equipes das polícias Civil, Militar e Federal e da supervisão do aeroporto foram acionadas para ajudar na organização das filas.

Uma das passageiras, Nayara Silva Medeiros, enviou vídeos mostrando a confusão nas filas. Segundo ela, os passageiros tinham voos para João Pessoa e Fortaleza, que foram cancelados.

“No aplicativo da Latam, dizem que o voo está ok, está no horário. Mas você chega aqui e ó, olha aqui, todo mundo aqui esperando um voo, sendo que desde ontem está atrasado. E aí, como a gente faz”, diz a passageira nas imagens.

Em nota, a Latam informou mantém apenas a malha de voos essenciais e que, durante a confusão, orientou os passageiros sobre a distância mínima entre eles para evitar a propagação do vírus. (veja a íntegra da nota da companhia aérea abaixo).

Veja a íntegra da nota da Latam sobre a aglomeração no aeroporto de Cumbica:

Em razão da pandemia de Coronavírus, a LATAM mantém apenas uma malha aérea mínima essencial e precisou criar operações extras na rota Guarulhos-João Pessoa para atender a demanda de passageiros para o destino.

A LATAM reitera que orientou os clientes para que mantivesse uma distância de segurança entre si, evitando aglomerações ou formação de filas, e também solicitou o apoio da administradora aeroportuária responsável pelo saguão e áreas comuns do aeroporto.

Por fim, a LATAM reforça mais uma vez a necessidade de que as pessoas respeitem as orientações para isolamento social neste período de pandemia de Coronavírus (COVID-19).”

Veja a nota do Gru Airport sobre o caso:

“A GRU Airport segue as recomendações da ANVISA desde os primeiros registros de covid-19 no mundo, com reprodução de informações relacionadas à prevenção do novo coronavírus em diversos pontos públicos e restritos do aeroporto, implantação de adesivos no piso para orientar a distância entre os passageiros, desinfecção dos terminais por meio de nebulização; disponibilização de lixeiras dedicadas ao descarte de materiais infectantes; aferição da temperatura de todos os passageiros nos desembarques nacionais internacionais, entre outras medidas.

Em relação à situação registrada no final desta manhã (10) no Terminal 2, a GRU Airport informa, que tão logo tomou conhecimento ocorrido, enviou seguranças para dar suporte à LATAM no atendimento aos seus passageiros.

Reforçamos a importância da conscientização de todos quanto ao cumprimento das recomendações da Anvisa quanto à prevenção do COVID-19 nos aeroportos. As operações do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, seguem ininterruptas, conforme determinação do Governo Federal, para que companhias aéreas ofereçam uma malha essencial de voos domésticos e internacionais fundamental para o enfrentamento da crise, viabilizando o transporte de medicamentos, mercadorias e pessoas que precisam se deslocar.

Fonte: G1 SP e TV Globo

Principais da Semana