Sindicatos aprovam plano de preservação dos empregos, diz Embraer

Ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril

A Embraer informou por meio de nota que o plano de preservação dos empregos apresentado pela empresa foi aceito nesta sexta-feira (10) pelos sindicatos representantes de seus empregados. O plano prevê a suspensão temporária de contratos de trabalho com ajuda compensatória e a redução de jornada e de salário, com garantia de emprego no retorno ao trabalho.

Na nota a empresa disse que “as ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril e terão duração entre 60 e 90 dias, e garantia de emprego pelo período correspondente ao tempo em que estiver em redução de jornada e salário ou suspensão do contrato”.

Ainda segundo a Embraer, não haverá alterações na jornada ou salários para colaboradores em atividades essenciais e trabalho presencial.

O plano foi aprovado pelo Sindiaeroespacial, que representa os funcionários das unidades da Embraer em São Paulo, Campinas, Sorocaba e Taubaté; e pelo Sindicato dos Engenheiros, que representa a categoria nos municípios paulistas, o que inclui São José dos Campos, Campinas e Gavião Peixoto.

De acordo com a Embraer, o Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu já havia aprovado o plano, com 93% dos votos.

Os funcionários que continuam a desempenhar suas funções por meio de home office terão redução de 25% da jornada de trabalho pelo período de 90 dias. “A garantia de emprego será por período corresponde ao que o colaborador estiver nessa condição”, disse a empresa, acrescentando que esses profissionais terão direito ao auxílio do governo federal de até R$ 453.

“O grupo de colaboradores que terá suspensão temporária do contrato de trabalho (layoff) por dois meses recebe garantia de emprego por período correspondente ao que estiver nessa condição. Nessa modalidade, os colaboradores terão a ajuda compensatória mensal, já somada ao benefício emergencial de preservação do emprego pago pelo Governo Federal”, diz a nota. Edição: Fernando Fraga

Fonte: Agência Brasil

Principais da Semana

‘O mercado colombiano está reagindo’: American Airlines

 A demanda vem crescendo a ponto de o passageiro sentir confiança para voar de volta Com a utilização de aeronaves wide-body para atender ao aumento...

Grupo Itapemirim realiza voos de certificação da ANAC na próxima semana

Viagens acontecem entre os dias 12 e 15 de abril, apenas com equipe operacional a bordo Em trâmites finais para o lançamento da companhia aérea Itapemirim...

Embraer apresenta protótipo de carro voador elétrico

Veículo de decolagem e pouso vertical da Embraer será destinado a passageiros. O protótipo de carro voador elétrico (eVTOL) é em tamanho reduzido A Embraer...

Cingapura aceita resultados de teste no IATA Travel Pass

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) anunciou que Cingapura agora aceita resultados de testes de PCR de COVID-19...

Flapper, principal empresa de aviação executiva do país, levanta US﹩ 2 milhões para impulsionar expansão na América Latina

O roadmap inclui o lançamento de 4 novos escritórios e o desenvolvimento de novas soluções tecnológicas para o setor de mobilidade aérea A Flapper , principal empresa...