Aviação e energia são alguns dos principais focos da ação do governo, diz Carlos da Costa

Durante live com o Valor, o secretário esclareceu que a seleção das empresas será feita por um colegiado de bancos, e não pelo governo

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, disse nesta terça-feira que as ações dos bancos para atendimento de empresas em meio à crise do coronavírus devem se concentrar em setores como automotivo e energia elétrica, além dos varejos não alimentício e não farmacêutico.

Durante live com o Valor, o secretário esclareceu que a seleção das empresas será feita por um colegiado de bancos, e não pelo governo.

Sobre as médias empresas, Costa explicou que o objetivo principal das políticas é a preservação dos empregos.

Fonte: Valor

Principais da Semana