Presidente da Azul exige financiamento do governo para salvar empregos

A ideia é que sejam criados financiamentos com juros para ajudar o setor a decolar novamente

O presidente da Azul, John Rodgerson, exigiu providências do Governo Federal quanto a liberação de financiamentos a fim de salvar empregos e preparar a companhia aérea para a retomada pós-pandemia do novo coronavírus. Ao participar do UOL Debate, realizado nesta segunda-feira (20), John Rodgerson deixou bem claro que a Azul não quer dinheiro de graça, muito pelo contrário. A ideia é que sejam criados financiamentos com juros para ajudar o setor a decolar novamente.

“Não concorremos apenas com Gol e Latam, mas também com companhias internacionais como American e Delta. Quando colocamos um voo para os Estados Unidos, por exemplo, estamos concorrendo com as empresas norte-americanas, que têm um tratamento diferenciado por parte do governo deles (Donald Trump), algo que não temos aqui e que pode acabar não salvando empregos. Queremos que um piloto brasileiro voe nossas aeronaves para Nova York, que ganhe aqui, que tenha filhos na escola aqui. O governo tem que ver isso. E ninguém nos dará dinheiro de graça. O que queremos é um financiamento, com juros e que será pago de volta, para ajudar o setor a decolar de novo”, disse John.

Ainda de acordo com o presidente da Azul, apenas 5% da frota segue operando no Brasil. “Nós paramos de voar. Hoje temos capacidade para decolar mil voos por dia e estamos operando apenas 50. Temos 14 mil funcionários, mas apenas 1,5 mil estão trabalhando.

Fonte: Aerolatin News

Principais da Semana

Com pandemia indicadores do setor aéreo reduzem 50% em 2020

Último semestre do ano marca retomada do setor O transporte aéreo apresentou retração de 29,5% na demanda de passageiros pagos transportados (RPK) e de 27,6%...

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro A rota Congonhas - Salvador, que entrou na malha...

Descontos podem chegar a R$ 15 bilhões nas outorgas de aeroportos privatizados e devem ser estendidos a toda cadeia da indústria da aviação

 Crise gerou efeito dominó e prejudicou a todos. Segmento de ground handling defende que benefícios, se concedidos, também sejam estendidos a todos  As concessionárias dos...

Copa Airlines anuncia reinício de seus voos na Venezuela

A Copa Airlines informa que, a partir de sábado, 23 de janeiro de 2021, retomará as operações aéreas entre o Panamá e a Venezuela,...

Regulamento da aviação agrícola será modernizado até 2022

Medida foi anunciada pela Anac dentro da Agenda Regulatória da agência para 2021/2022 O Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) deve iniciar, nos...