Maioria das companhias aéreas reduzirá efetivos, diz IATA

De acordo com pesquisa, 45% dos executivos indicaram que já reduziram suas equipes, devido ao impacto da crise da COVID-19 no setor de transporte aéreo

Grande parte das companhias aéreas quer reduzir seu quadro de funcionários nos próximos 12 meses, devido à incerteza sobre a recuperação do tráfego – informa uma pesquisa publicada nesta quarta-feira (5) pela Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata).

“A maioria (55%) dos responsáveis pelas companhias aéreas consultadas espera reduzir seus funcionários nos próximos 12 meses”, em função do tráfego que continuará fraco pela pandemia de coronavírus, relatou a Iata em um comunicado.

A pesquisa se baseia em um questionário sobre a confiança dos dirigentes das empresas enviado para 300 companhias aéreas do mundo.

De acordo com a sondagem, 45% dos executivos indicaram que já reduziram suas equipes, devido ao impacto da crise da COVID-19 no setor de transporte aéreo.

Além disso, 57% esperam uma queda da receita nos próximos 12 meses e acham que os preços das passagens poderão cair, em função da lenta recuperação.

Outros 19% apontam para um aumento progressivo das tarifas, quando o equilíbrio entre oferta e demanda for alcançado.

A Iata, que agrupa 290 companhias aéreas, espera um retorno ao nível do tráfego aéreo antes da crise em 2024 e estima em 63% a queda do tráfego em 2020, na comparação com 2019

As perdas para o setor estão estimadas em US$ 419 bilhões.

Ásia-Pacífico e Europa devem ser as primeiras regiões a recuperarem o nível de tráfego de 2019, enquanto na América do Norte e na América Latina isso acontecerá depois, segundo a Iata.

Fonte: ISTOÉ Dinheiro

Principais da Semana

Descontos podem chegar a R$ 15 bilhões nas outorgas de aeroportos privatizados e devem ser estendidos a toda cadeia da indústria da aviação

 Crise gerou efeito dominó e prejudicou a todos. Segmento de ground handling defende que benefícios, se concedidos, também sejam estendidos a todos  As concessionárias dos...

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro A rota Congonhas - Salvador, que entrou na malha...

Com pandemia indicadores do setor aéreo reduzem 50% em 2020

Último semestre do ano marca retomada do setor O transporte aéreo apresentou retração de 29,5% na demanda de passageiros pagos transportados (RPK) e de 27,6%...

Tendências que neste ano vão impulsionar a recuperação do transporte aéreo

Para este ano, as companhias aéreas e os aeroportos estão lançando novas e inovadoras iniciativas aéreas para manter seus clientes e tripulantes seguros em...

Azul transporta, em 14 horas, mais de dois milhões de doses de vacina para 12 capitais do Brasil

Companhia aérea foi responsável por levar 927 caixas com doses do imunizante Coronavac/Butantan para todas as regiões do país Em uma operação logística tão complexa quanto esperada,...