Air China suspende voos na rota São Paulo–Madri–Pequim até março de 2021

No futuro, a retomada das operações dependerá da prevenção e controle da Covid-19

Devido a atual crise do novo coronavírus, a Air China foi obrigada a suspender temporariamente suas operações entre São Paulo, Madri e Pequim no período de 25 de outubro de 2020 a 25 de março de 2021. No futuro, a retomada das operações dependerá da prevenção e controle da Covid-19.

A Air China pede que clientes contatem as agências para reembolso ou remarcação. Mais informações: jerry@airchina.com.br ou paula@airchina.com.br.

Fonte: Mercado e Eventos

Principais da Semana

Resultado dos leilões de aeroportos é “vitória da ousadia”, diz Tarcísio de Freitas

Para ministro da Infraestrutura, disputa mostrou confiança e prestígio do país com investidores Com garantia de R$ 6,1 bilhões em investimentos em 30 anos e...

Avião Solidário da LATAM supera 20 milhões de vacinas contra a Covid-19 transportadas gratuitamente no Brasil

Marca será obtida entre hoje (8/4) e amanhã (9/4) com os novos embarques voluntários da LATAM Cargo para 15 estados brasileiros O programa Avião Solidário, da...

Em esforço para combater pandemia, Azul transporta nova remessa de vacinas, “kits intubação” e analgésicos para 16 estados

Cargas destinadas às secretarias estaduais de saúde serão distribuídas para auxiliar no tratamento de pacientes internados com Covid-19 e na imunização de brasileiros dos...

87% menos chegadas de turistas em janeiro de 2021, enquanto a OMT pede maior coordenação para reativar o turismo

O impacto devastador da pandemia COVID-19 no turismo global continua em 2021, com dados mostrando uma queda de 87% no número de chegadas de...

Grupo CCR arremata os Blocos Sul e Central na 6ª rodada de leilões de aeroportos da ANAC

Os dois Blocos reúnem 15 aeroportos que movimentaram 19,7 milhões de passageiros em 2019 O Grupo CCR venceu o leilão de licitação dos Blocos Sul...