CI aprova nomes de diretor-presidente e de diretor da Anac

A indicação de Juliano Alcântara Noman para o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil foi aprovada

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) aprovou nesta segunda-feira (19) a indicação de Juliano Alcântara Noman para o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Noman teve 13 votos a favor e 1 contra. Ele é o atual diretor-presidente substituto e já ocupou uma das diretorias da agência (2016-2020). O relator, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), foi favorável ao nome. 

Durante a sabatina, Noman enfatizou que o setor aéreo foi um dos responsáveis por ajudar o país a combater a pandemia no momento em que a aviação foi “praticamente a zero”.

— A gente teve que tomar uma série de medidas para, dentro do possível, resgatar o setor, não deixar a aviação parar. Tomamos uma série de medidas ali, tanto de aviação geral quanto de aeroportos, grandes empresas, das quais vou destacar aqui a manutenção dos corredores logísticos, com a nossa malha essencial. Foi um trabalho muito grande, em parceria com Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Ministério da Economia, empresas aéreas, Ministério da Infraestrutura, para manter os corredores logísticos funcionando. E a gente poder ter o tráfego de pessoas, o trânsito de pessoas, de pessoas ligadas à saúde, à segurança pública, e também dos equipamentos, que eram tão necessários aos estados e às cidades para combater essa terrível pandemia.

Em seu parecer, o relator destacou que Norman também foi, na Anac, superintendente de Regulação Econômica e Acompanhamento e Mercado, assessor especial de Serviços Aéreos e gerente de Acompanhamento de Mercado. De 2011 a 2016, foi secretário de Navegação Aérea Civil e secretário de Aeroportos, ambos na Secretaria de Aviação Civil. Atuou ainda como coordenador na Secretaria de Acompanhamento Econômico no antigo Ministério da Fazenda, de 2005 a 2006.

Diretor

A comissão também aprovou, por 13 votos a 1, a indicação de Tiago Sousa Pereira para exercer o cargo de diretor da Anac no mandato que se iniciará em 20 de março de 2021. A indicação teve relatório do senador Jayme Campos (DEM-MT), que foi favorável ao nome.

Pereira ressaltou que a Anac atualmente é considerada como uma das principais referências em gestão pública pelo Tribunal de Contas da União (TCU), mesmo sendo uma das agências mais novas da administração pública federal. O indicado afirmou ter participado do processo de fortalecimento institucional.

— Toda essa evolução regulatória que a agência promoveu ao longo de sua existência aconteceu sem prejuízo, muito pelo contrário, com aumento da segurança operacional. A agência aprimorou seus processos de fiscalização. A agência e as demais autoridades da aviação civil põem o Brasil em quinto lugar entre os países com maior compliance com as normas internacionais da Organização da Aviação Civil Internacional. 

Em seu parecer, o relator destacou que Tiago Pereira já está atuando como diretor substituto da agência reguladora desde janeiro e, se aprovado no Senado, vai ocupar oficialmente o cargo no lugar de Hélio Paes de Barros Júnior, que renunciou.

Pereira foi técnico do Banco Central e é servidor público do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, na carreira de especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. No ministério, exerceu diversas atividades de análises técnicas e foi superintendente de Planejamento Institucional, função na qual liderou o Programa de Fortalecimento Institucional.

Em 2008, foi aprovado no primeiro concurso realizado pela Anac, onde exerceu várias funções e, em 2017, assumiu a então recém-criada Superintendência de Regulação Econômica de Aeroportos (SRA), que cuida das concessões aeroportuárias.

As sabatinas contaram com a participação de internautas por meio do portal e-Cidadania. 

As indicações seguem para deliberação do Plenário do Senado, que deve ocorrer na semana de esforço concentrado para votações de autoridades, entre os dias 19 e 21 de outubro. 

Fonte: Agência Senado

Principais da Semana

Iberia, primeira companhia aérea a lançar o IATA Travel Pass entre a Europa e a América Latina

A Iberia colabora com a IATA (International Air Transport Association) no desenvolvimento do passaporte digital IATA Travel Pass e será a primeira companhia aérea...

‘O mercado colombiano está reagindo’: American Airlines

 A demanda vem crescendo a ponto de o passageiro sentir confiança para voar de volta Com a utilização de aeronaves wide-body para atender ao aumento...

Grupo CCR arremata os Blocos Sul e Central na 6ª rodada de leilões de aeroportos da ANAC

Os dois Blocos reúnem 15 aeroportos que movimentaram 19,7 milhões de passageiros em 2019 O Grupo CCR venceu o leilão de licitação dos Blocos Sul...

Conheça Rogerio Andrade, CEO da Avantto, que viabilizou o modelo de compartilhamento de aeronaves no Brasil

A Avantto é empresa líder no segmento de compartilhamento de aeronaves executivas. Com mais de onze anos no mercado brasileiro, a companhia já se...

Cingapura aceita resultados de teste no IATA Travel Pass

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) anunciou que Cingapura agora aceita resultados de testes de PCR de COVID-19...