24 companhias aéreas já operam voos internacionais para o Brasil: veja a previsão das demais!

Até o fim deste mês e ao longo de novembro outras empresas têm previsão de retomarem operações em várias rotas

24 companhias aéreas já estão operando voos internacionais saindo do Brasil. Uma das companhias que recentemente voltou a voar para o Brasil é a Turkish, com voos diretos entre São Paulo e Istambul. Até o fim deste mês e ao longo de novembro outras empresas têm previsão de retomarem operações em várias rotas.

O Melhores Destinos está acompanhando a retomada dos voos internacionais saindo de cidades brasileiras e atualizando este post sempre que surgem novidades. Vale reforçar, no entanto, que as datas são sempre previsões e podem ser alteradas devido à pandemia de Covid-19.

Retorno dos voos internacionais para o Brasil:

Aerolíneas Argentinas 

Os voos da Aerolineas Argentinas entre São Paulo e Rio de Janeiro e Buenos Aires ainda não têm data de retomada prevista. Os voos entre Buenos Aires e Florianópolis, Salvador e Porto Seguro retornam somente em janeiro de 2021. O retorno dos voos entre Buenos Aires e Porto Alegre e Curitiba não tem data prevista.

Aeroméxico 

Os voos da Cidade do México para São Paulo foram retomados em julho.

Amaszonas

A Amaszonas retomou a rota de São Paulo a Santa Cruz de la Sierra no dia 21 de setembro.

Air Canada 

A Air Canada retomou as operações para o Brasil com voos entre São Paulo e Toronto com frequência de três vezes por semana. A partir de novembro devem ser oferecidos voos cinco vezes na semana e, em dezembro, a operação deve voltar a ser diária.

Air China 

A Air China suspendeu a rota São Paulo – Madri – Pequim até 25 de março de 2021.

Air Europa 

A Air Europa retomou os voos entre São Paulo e Madri em agosto. Os voos entre Madri e Salvador devem ser retomados em 16 de dezembro e as operações entre a capital espanhola e o Recife e Fortaleza têm retorno previsto para março de 2021.

Air France 

A Air France segue operando voos entre Paris e São Paulo e Rio de Janeiro. Os voos da capital francesa para Fortaleza devem ser retomados no fim de outubro.

Alitalia 

A Alitalia adiou novamente o retorno dos voos para o Brasil. A companhia pretende retomar as operações entre Roma e São Paulo em 15 de dezembro e entre Roma e Rio de Janeiro somente no fim de março de 2021.

American Airlines 

A American retomou os voos entre São Paulo e Miami em agosto, e os voos entre a capital paulista e Dallas foram retomados no fim de outubro. Em 17 de dezembro a companhia deve retomar os voos entre Rio de Janeiro e Miami, além de São Paulo e Nova York.

Avianca 

A Avianca retomou os voos entre São Paulo e Bogotá no início de outubro. Os voos para o Rio de Janeiro foram retomados em 17 de outubro.

Azul 

A Azul está operando dois voos semanais de Campinas para Lisboa e Fort Lauderdale (Miami) e planeja retomar os voos para Buenos Aires em dezembro.

British Airways 

A British Airways retomou as operações entre Londres e São Paulo em agosto. Os voos entre Londres e o Rio de Janeiro estão previstos para novembro.

Boliviana de Aviación 

A BoA está operando voos semanais entre São Paulo e Santa Cruz de la Sierra. Em outubro a companhia também voltou operar voos diretos entre La Paz e São Paulo. Os voos saindo de Cochabamba devem ser retomados partir de 27 de outubro.

Cabo Verde Airlines 

A Cabo Verde Airlines deve retomar os voos entre o Recife e a Ilha do Sal no fim de outubro.

Copa Airlines 

Os voos regulares da Copa Airlines saindo de São Paulo e do Rio de Janeiro já foram retomados. Os voos da companhia para Brasília devem voltar em 5 de novembro e para Belo Horizonte em 20 de novembro. As operações para Porto Alegre devem ser retomadas em 1º e dezembro (no entanto, obras na pista do Aeroporto de Porto Alegre podem atrasar o retorno da companhia para março de 2021) e para Manaus em 11 dezembro. Já as operações para Recife e Salvador devem voltar somente em 2021.

Delta 

Os voos de São Paulo para Atlanta foram retomados em agosto, com quatro frequências semanais. As operações entre São Paulo e Nova York e entre o Rio de Janeiro e Atlanta estão previstas para dezembro.

Edelweiss 

A rota entre Rio de Janeiro e Zurique operada pela Edelweiss deve ser retomada em 28 de outubro.

Emirates 

Os voos da companhia de Dubai para São Paulo foram retomados em agosto. Já a rota para o Rio de Janeiro foi encerrada.

Ethiopian 

A Ethiopian está operando voos entre São Paulo e Addis Abeba e São Paulo e Buenos Aires.

FlyBondi 

A low cost argentina volta a operar voos para São Paulo em 2 de novembro e para o Rio de Janeiro em 16 de dezembro. A partir de 1º de janeiro serão retomados os voos para Florianópolis. Os voos para Porto Alegre não tem data de retorno prevista.

Gol 

A nova previsão da GOL é de retomar os voos internacionais em 21 de março de 2021.

Iberia 

Os voos entre Madri e São Paulo foram adiados para 27 de outubro. Os voos para o Rio de Janeiro devem retornar em 1º de dezembro.

JetSmart 

A companhia pretende retomar os voos para o Brasil em 1º de dezembro.

KLM 

A KLM continuou operando voos entre Amsterdã e São Paulo e Rio de Janeiro, os voos para Fortaleza foram retomados em 26 de outubro.

Latam 

A Latam já está operando voos internacionais para nove destinos: Nova York, Frankfurt, Londres, Lima, Lisboa, Madri, Miami, Montevidéu e Santiago. Em relação aos voos para Buenos Aires, a companhia depende da liberação do governo argentino para voltar a voar para o país.

A partir de 1º novembro devem voltar a ser operados voos para Lima, no dia 2 para Assunção, no dia 4 para Córdoba e no dia 11 para as Ilhas Falklands (Malvinas). Em 3 de dezembro voltam os voos para Orlando e no dia 17 para Boston. As operações para Mendoza ficaram para 1º de janeiro de 2021. As operação para a África e para a Europa ficaram para março, quando devem ser retomados os voos para Joanesburgo no dia 15 e Israel, Milão e Paris no dia 16.

Lufthansa 

A Lufthansa seguiu operando voos entre Frankfurt e São Paulo sem interrupções. Atualmente a companhia opera a rota com cinco frequências semanais. Os voos entre São Paulo e Munique estão suspensos até 2021 e os voos do Rio de Janeiro para Frankfurt ainda não têm previsão de volta.

Norwegian Air 

A low cost Norwegian Air, que opera voos entre o Rio de Janeiro e Londres, suspendeu todos os seus voos de longa distância pelo menos até abril de 2021.

Paranair 

Os voos entre Curitiba, Rio de Janeiro, Florianópolis (sazonais) e Assunção, capital do Paraguai, ainda não têm data prevista para serem retomados.

Qatar Airways 

A Qatar segue operando voos de Doha para São Paulo com o novo A350. A companhia anunciou que não voltará a voar para a Argentina, com isso os voos entre São Paulo e Buenos Aires foram encerrados.

Royal Air Maroc 

A companhia marroquina adiou o retorno dos voos entre São Paulo e Rio de Janeiro e Casablanca para março de 2021.

Sky 

A low cost chilena SKY retomou as operações entre Santiago e São Paulo e Rio de Janeiro em 1º de outubro. Os voos para São Paulo são às segunda e sextas e, para o Rio, às segundas e quintas. A companhia deve retomar os voos para Florianópolis em 3 de dezembro.

Swiss 

A Swiss voltou a operar voos entre Zurique e São Paulo no início de julho. Já a rota entre Rio de Janeiro e Zurique, operada pela Edelweiss, deve ser retomada em outubro com duas frequências semanais.

Taag 

A TAAG retomou os voos entre São Paulo e Luanda em setembro. Na retomada das operações, a empresa terá somente dois voos mensais ligando as duas cidades.

TAP 

A TAP já está operando voos entre Lisboa e São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte, Maceió e Brasília. Os voos entre São Paulo e o Porto voltam em 29 de outubro. Já os voos para Natal e Porto Alegre devem ser retomados somente em dezembro.

Turkish 

A companhia turca deve retomou os voos entre São Paulo e Istambul em outubro. Os voos entre São Paulo e Buenos Aires devem voltar no início de novembro.

United 

A United manteve os voos entre São Paulo e Houston e já retomou os voos entre São Paulo e Nova York. E em 2 de novembro devem voltar as operações entre Houston e Rio de Janeiro, com três frequências semanais. Em 27 de março de 2021 devem voltar os voos entre São Paulo e Chicago e São Paulo e Washington.

Fonte: Melhores Destinos 

Principais da Semana