VINCI Airports passa a integrar o Comitê Global de Meio Ambiente da ACI

O Salvador Bahia Airport, operado pela VINCI Airports, é agora parte do Comitê Permanente de Meio Ambiente do Conselho Internacional do Aeroportos (ACI Global)

Devido às suas iniciativas ambientais reconhecidas nacional e internacionalmente, o Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports, acaba de ser indicado para integrar o Comitê Permanente de Meio Ambiente do Conselho Internacional de Aeroportos (ACI Global).

O mandato de membro do Comitê tem duração de três anos. O Comitê Permanente Global do Meio Ambiente desenvolve as políticas da ACI sobre questões ambientais da aviação global. É composto por 25 membros de todas as regiões em que a ACI está presente (América Latina e Caribe, África, Ásia-Pacífico, América do Norte e Europa). Os temas tratados incluem poluição sonora, emissões de motores de aeronaves e qualidade do ar nos aeroportos, sistemas de gestão ambiental, gestão de águas subterrâneas, gestão de resíduos e manejo de fauna.

Desde que foi integrado à VINCI Airports, o Aeroporto de Salvador vem investindo em iniciativas para redução de impactos ambientais e conservação dos recursos naturais. As ações têm como base a política ambiental global da VINCI Airports, Air Pact, que estabelece metas sustentáveis para seus aeroportos a partir de seu compromisso com a preservação do meio ambiente.

O Aeroporto de Salvador foi pioneiro no Brasil a ser zero efluente (100% dos efluentes são tratados e convertidos em água de reuso) e a não dispensar resíduos sólidos em aterros sanitários, recuperando todo o lixo gerado. Este último feito, inclusive, é uma das metas da Air Pact para 2030, mas que já foi atendida pelo Salvador Bahia Airport no ano de 2020. O equipamento também saiu na frente com a instalação da primeira usina solar em aeroportos no país, com 4,2 MW de potência, para atender a 30% da necessidade de consumo de energia do terminal de passageiros.

Além disso, o Aeroporto conquistou o nível 2 da certificação ACA (Airport Carbon Accreditation), concedida pela organização Airport Council International (ACI) e que reconhece progressos em direção à redução da pegada de carbono.

Estas e outras iniciativas, fizeram com que o Salvador Bahia Airport recebesse o título de “Aeródromo mais sustentável”, concedido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em 2019, e o Prêmio Via Viva na Categoria Aeroportuária, entregue pelo Ministério da Infraestrutura,  além de reconhecimentos internacionais, como o “ACI-LAC Green Airport Recognition”, em função do trabalho de eficiência energética e o gerenciamento do risco da fauna que desenvolve.

Fonte: Salvador Bahia Airport 

Principais da Semana

Avião Solidário da LATAM realizará gratuitamente o transporte doméstico de 513 caixas – que equivalem a 15 toneladas – de vacinas para combate da...

Companhia irá transportar as doses da vacina CoronaVac para os estados da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba e Pernambuco A LATAM reafirmando seu compromisso...

USP fará diagnóstico sobre influência de fator humano na segurança aeroportuária

Pesquisa analisará atividades de alto impacto em Congonhas, Campo de Marte e Guarulhos A Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) realizará,...

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro

Com sucesso na malha de verão, Azul manterá rota Congonhas-Salvador em definitivo a partir de fevereiro A rota Congonhas - Salvador, que entrou na malha...

Vacinas contra a covid-19 começam a ser distribuídas

Aeronaves partem de Guarulhos com 44 toneladas de imunizantes O Ministério da Saúde inicia, na manhã desta segunda-feira (18), a distribuição das vacina contra a covid-19 para...

Regulamento da aviação agrícola será modernizado até 2022

Medida foi anunciada pela Anac dentro da Agenda Regulatória da agência para 2021/2022 O Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) deve iniciar, nos...