#AirTalks com Luiz Castanha | O executivo falou sobre as soluções da SITA voltadas à experiência do passageiro e da participação no AirConnected DX 

Esta edição especial do Air Talks traz entrevista com o diretor de vendas no Brasil da SITA, Luiz Castanha. Entre os temas da pauta, destacam-se a atuação da companhia no país, as novas tecnologias focadas na experiência do passageiro, além da participação da companhia no AirConnected DX 2020 

Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do AirConnected, juntamente com Ricardo Fenelon, correalizador da plataforma e sócio-fundador do Fenelon Advogados, conduzem o Air Talks, iniciativa que contempla entrevistas exclusivas com especialistas no setor de transporte aéreo, considerando o contexto do AirConnected DX 2020, evento que acontece nos dias 24 e 25 de novembro, por meio de plataforma dedicada e exclusiva. Inscrições AQUI.

E esta edição traz entrevista com o diretor de vendas no Brasil da SITA, Luiz Castanha. No bate-papo com Paula e Ricardo, o executivo pontuou a atuação da companhia em mais de mil aeroportos e 200 países. Fundada em 1949, a empresa atua no Brasil há 62 anos. O executivo destacou, ainda, as tecnologias low-touch e que, cada vez mais, são necessárias neste novo cenário, bem como a solução biométrica da empresa e demais focadas na segurança e experiência dos passageiros.

Castanha também enfatizou o case do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, de Florianópolis, que já começou a usar o  reconhecimento facial para validar embarques, além da participação da empresa no AirConnected DX 2020, que contempla ações  pré-evento, como o Air Talks e que são voltadas ao fomento de temas relacionados ao setor de transporte aéreo.  O AirConnected DX 2020 conta com o envolvimento dos vários atores que compõem esse ecossistema. 

DESTAQUES DA ENTREVISTA

  1. O diretor de vendas no Brasil da SITA, Luiz Castanha iniciou falando da sua trajetória no setor e a relação com a atuação da SITA. As ações e o papel da empresa para o desenvolvimento do setor no mundo e no país, bem como essa trajetória também foram temas da pauta.
  1. Castanha abordou o trabalho da companhia quando se trata do foco  na experiência/jornada do passageiro, em especial a atuação no novo cenário da Covid-19 e o papel da próxima geração de plataformas integradas da empresa. O executivo também falou sobre como e quais soluções e tecnologias da empresa têm sido essenciais nesse processo, das funcionalidades do SITA Flex e Smart Path, além de citar exemplos, como o reconhecimento facial no Aeroporto de Florianópolis.
  1. Outro tema detalhado pelo executivo foi Gestão de Fronteiras. As expectativas da SITA para o mercado mundial e brasileiro, no curto, médio e longo prazo e o que o nosso mercado representa para a companhia também foi destaque.
  1. Luiz Castanha concluiu destacando como será a participação da SITA no AirConnected DX 2020 e as soluções para o setor que a empresa irá apresentar.

  

 

 

spot_img

Principais da Semana