Leonardo adquire 25,1% da alemã HENSOLDT AG, líder em sensores para defesa e segurança

A transação oferecerá suporte às futuras cooperações entre a Leonardo e a HENSOLDT

A Leonardo assinou um acordo definitivo com a Square Lux Holding II S.à rl, uma empresa de portfólio controlada por fundos assessorados pela Kohlberg Kravis & Roberts & Co. LP, para comprar uma participação de 25,1% na HENSOLDT AG (“HENSOLDT”), por um valor total aproximado de 606 milhões de euros (ou 23 euros por ação). A HENSOLDT é um player europeu líder no campo de soluções de sensores para aplicações de defesa e segurança, com um portfólio em expansão em segurança cibernética, gerenciamento de dados e robótica. Desta maneira, a Leonardo torna-se o maior acionista da HENSOLDT juntamente com a Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW), que tem como seu maior acionista a República Federal da Alemanha, com 80% das ações da empresa. O KfW concordou em adquirir 25,1% do capital da HENSOLDT em março de 2021.

Alessandro Profumo, CEO da Leonardo, disse: “Estamos animados com o investimento na HENSOLD, que servirá como um catalisador para o estabelecimento de uma cooperação mais estreita que irá intensificar nossas respectivas posições no crescente mercado de eletrônicos de defesa. Acreditamos que esta etapa criará valor para todos os nossos acionistas, haja vista que irá reunir forças complementares para servir mais clientes e parceiros com as soluções de que necessitam, ao mesmo tempo que preserva as tecnologias e capacidades nacionais. Este investimento também reflete a nossa visão de longa data sobre a importância de desenvolver a cooperação em toda a indústria aeroespacial e de defesa europeia, assim como demonstra a determinação da Leonardo em desempenhar um papel ativo neste desenvolvimento.”

Thomas Müller, CEO da HENSOLDT, disse: “Estamos satisfeitos com o investimento da Leonardo na HENSOLDT. Essa transação permitirá que tenhamos um segundo acionista âncora de longo prazo em nossa empresa, além de um forte potencial parceiro estratégico com o qual já trabalhamos em conjunto e de maneira bem-sucedida em uma série de programas. Como um fornecedor líder de soluções de sensores para aplicações de defesa e segurança, vemos várias oportunidades de trabalhar em conjunto com a Leonardo para apoiar ainda mais nossa estratégia de sucesso e ser capaz de fortalecer o crescimento de longo prazo da HENSOLDT.”

Com o investimento na HENSOLDT, a Leonardo estabelecerá uma presença estratégica de longo prazo no crescente mercado de defesa alemão.

A Leonardo e HENSOLDT têm um relacionamento bem estabelecido, incluindo a colaboração no programa Eurofighter Typhoon, como operadores independentes dentro do modelo de consórcio. O estreitamento desta colaboração tem como base uma forte complementaridade das duas empresas em termos de geografia, portfólio de produtos, mercados finais, clientes e fornecedores nos domínios Aéreo, Terrestre e Naval, além de permitir o aprofundamento do acesso aos respectivos mercados, a oferta de soluções completas para seus clientes e o compartilhamento das melhores práticas para o desenvolvimento de tecnologias futuras.

Após o fechamento da transação, a Leonardo irá propor dois candidatos a serem indicados como membros do Conselho Supervisor da HENSOLDT.Adicionalmente, a Leonardo também manterá uma sólida estrutura de capital por meio de alienações e listagem no DRS.

O fechamento da transação continua sujeito às condições habituais, incluindo liberações regulatórias na Alemanha e em um número selecionado de países, e está previsto para ocorrer no segundo semestre de 2021.

O UBS e o DB atuaram respectivamente como Consultor Financeiro Líder e Consultor Financeiro da Leonardo. Clifford Chance atuou como consultor jurídico da Leonardo.

Sobre a Leonardo

Leonardo, uma empresa global de alta tecnologia, está entre os dez maiores players mundiais em Aeroespacial, Defesa e Segurança e uma das principais empresas industriais da Itália. Organizado em cinco divisões de negócios, Leonardo tem uma presença industrial significativa na Itália, Reino Unido, Polônia e EUA, onde também opera por meio de subsidiárias como Leonardo DRS (eletrônicos de defesa) e joint empreendimentos e parcerias: ATR, MBDA, Telespazio, Thales Alenia Space e Avio. Leonardo compete nos mais importantemercados internacionais, alavancando suas áreas de liderança tecnológica e de produto (helicópteros, aeronaves, aeroestruturas, eletrônicos, Segurança cibernética e espaço). Listado na Bolsa de Valores de Milão (LDO), em 2019 Leonardo registrou receita consolidada de € 13,8 bilhões e investiu € 1,5 bilhão em Pesquisa e Desenvolvimento. O Grupo faz parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) desde 2010 e é nomeado líder global de sustentabilidade no setor Aeroespacial e Defesa pelo segundo ano consecutivo do DJSI em 2020.

Com informações da assessoria de imprensa da Leonardo

Principais da Semana