Companhias aéreas do RIOgaleão e GRU Airport recebem upgrade na conectividade de seus ambientes

Além destes dois, a ARION amplia seu portfólio e chega em novos 10 aeroportos

Uma das piores sensações que alguém pode passar é com a queda da internet em um momento essencial, pior ainda quando o seu trabalho depende dessa ferramenta. Segundo um estudo da Akamai, empresa de serviços CDN (Redes de Distribuição de Conteúdo da Internet), o Brasil tem uma das piores conexões de banda larga, em 85° lugar, de 241 países. Com essas dificuldades, um setor essencial que não pode contar com essa falha é o aeroportuário, altamente sensível a uma boa estrutura de telecomunicações.

Sempre atenta às demandas do setor, a ARION, empresa multioperadora com foco em soluções para Cidades Privadas e Infraestruturas Concessionadas, atua continuamente para entregar tecnologias que melhorem a conexão nesses ambientes. A empresa chega a 12 aeroportos do Brasil, incluindo GRU Airport, RIOgaleão e BHAirport, dentre outros, onde atua junto às companhias aéreas e demais clientes aeroportuários para reforçar o uso da internet e evitar falhas como queda de rede.

A tecnologia utilizada nos locais foi o Link IP Banda Larga Dedicado Ultra com dupla redundância e conectividade para os equipamentos em solo. “Estamos felizes por fazer parte dessa evolução nos principais aeroportos mais movimentados do Brasil”, comenta Paulo Zucoli, sócio-diretor da ARION.

A partir de junho, outros aeroportos internacionais foram contemplados com essa melhoria. Na região Sul foram os de Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. Na região Nordeste o serviço está disponível nos aeroportos de Salvador, Porto Seguro, Fortaleza, Recife e Maceió.

“O mundo de hoje está interligado graças a conexão de internet, e em um aeroporto não é diferente, é essencial. Esperamos ampliar o escopo de serviços ofertados nos locais, aumentando a cadeia de valor no atendimento ao cliente”, ressalta o sócio-diretor da ARION.

A previsão da ARION é de atender 36 dos principais aeroportos do Brasil até o final de 2022 incluindo Congonhas e Foz do Iguaçu já em 2021. As mudanças fazem parte do projeto da empresa para atender 100% das principais capitais do Brasil.

Principais da Semana