Primeiro A380 abastecido por combustível 100% sustentável chega aos céus

A Airbus realizou o primeiro voo do A380 movido a combustível de aviação 100% sustentável (SAF, da sigla em inglês).

A aeronave de teste A380 da Airbus MSN 1 decolou do aeroporto de Blagnac, em Toulouse, na França, às 8h43 da sexta-feira, 25 de março. O voo durou cerca de três horas, operando um motor Rolls-Royce Trent 900 em 100% SAF.

Vinte e sete toneladas de SAF não misturados foram fornecidas pela Total Energies para este voo. O SAF produzido na Normandia, próximo a Le Havre, na França, era feito a partir de Ésteres e Ácidos Graxos Hidroprocessados (HEFA), livres de aromáticos e enxofre, e constituído principalmente de óleo de cozinha usado, além de outras gorduras residuais.

Este é o terceiro tipo de aeronave Airbus a voar com combustível de aviação sustentável ao longo de 12 meses; o pioneiro foi um Airbus A350 em março de 2021, seguido por um A319neo de corredor único, em outubro do mesmo ano.

Aumentar o uso de SAF continua sendo um caminho fundamental para alcançar a ambição da indústria de atingir emissões líquidas zero de carbono até 2050. As principais estatísticas descritas no relatório Waypoint 2050 indicam que a substância poderia contribuir entre 53% e 71% das reduções de gás carbônico necessárias.

Todas as aeronaves Airbus são atualmente certificadas para voar com uma mistura de até 50% de SAF misturado com querosene. O objetivo é obter a certificação de 100% até o final desta década.

A aeronave A380 usada durante o teste é a mesma recentemente revelada como Demonstrador ZEROe da Airbus – um teste voador para tecnologias futuras que serão fundamentais para trazer o primeiro avião de emissão zero do mundo ao mercado até 2035.

Com informações da Assessoria de Imprensa JeffreyGroup

Principais da Semana