ACI anuncia os 10 aeroportos mais movimentados do mundo em 2021

Dados premilimares mostram que aeroportos considerados os mais movimentados antes da Covid-19 voltam ao topo do ranking à medida que se recuperam da crise

O Conselho Internacional de Aeroportos (Airport Council International | ACI World) publicou hoje o ranking dos 10 aeroportos mais movimentados do mundo em 2021, apontando sinais encorajadores de recuperação do tráfego aéreo à medida em que muitos aeroportos considerados os mais movimentados em anos anteriores voltaram topo da lista.

O ranking mundial de aeroportos é baseado na compilação preliminar de dados globais de 2021 de aeroportos de todo o mundo. Graças ao alcance de ACI como associação comercial dos aeroportos do mundo, os rankings refletem os dados aeroportuários mais atualizados usados pela indústria e incluem tráfego de passageiros, volumes de carga e movimento de aeronaves.

Tráfego de passageiros

O total de passageiros globais em 2021 é estimado em cerca de 4,5 bilhões, representando um aumento de quase 25% em relação a 2020, ou uma queda de mais de 50% em relação aos resultados de 2019.

O tráfego de passageiros nos 10 principais aeroportos mais movimentados, que juntos representam quase 10% do tráfego global (463 milhões de passageiros), registrou um ganho de 51,8% em relação a 2020, ou uma queda de 29,1% em relação aos resultados de 2019.

O Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson Atlanta (ATL, 75,7 milhões de passageiros, +76,4%) está de volta ao topo do ranking de 2021, seguido pelo Aeroporto Internacional de Dallas/Fort Worth (DFW, 62,5 milhões de passageiros, +58,7%) e Aeroporto Internacional de Denver (DEN, 58,8 milhões de passageiros, +74,4%). Depois de atingir a primeira posição em 2020, o Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun (CAN, 40,3 milhões de passageiros, -8,0%) caiu para a oitava posição em 2021.

Oito dos 10 principais aeroportos em relação ao tráfego de passageiros estão nos Estados Unidos e os dois restantes, na China. Todos os 10 principais aeroportos têm uma parcela significativa do tráfego doméstico, o segmento de tráfego que vem liderando a recuperação global. A maior melhora registrada foi do Aeroporto Internacional de Orlando (MCO, 40,4 milhões de passageiros, +86,7%) que saltou da 27ª posição em 2020 para a sétima posição em 2021.

“Os rankings de tráfego de passageiros da ACI World contam a história de uma tendência encorajadora de recuperação, com a maioria dos aeroportos que antes da Covid-19 eram os mais movimentados agora de volta ao topo”, disse o diretor-geral da ACI World, Luis Felipe de Oliveira. “Embora estejamos cautelosos de que a recuperação possa enfrentar vários ventos contrários, o impulso criado pelos planos de reabertura dos países pode levar a um aumento nas viagens no segundo semestre de 2022. Assim, a ACI World continua defendendo que os governos sigam os dados e relaxem as restrições de viagem para restaurar com segurança o movimento de pessoas, bens e serviços. Isso dará aos viajantes mais opções de viagem e impulsionará a recuperação geral por meio do papel exclusivo da aviação na gerar valor para o comércio, o turismo, o investimento e a criação de empregos.”

PASSAGEIROS*

image.png

* Total de passageiros embarcados e desembarcados, passageiros em trânsito contados uma vez

PASSAGEIROS INTERNACIONAIS *

image.png

* Passageiros internacionais embarcados e desembarcados

Movimentos de cargas e aeronaves

A carga aérea, que foi menos impactada pela Covid-19, teve seus volumes aumentados em cerca de 15% ano a ano (+3,5% em relação a 2019), para um recorde estimado de 124 milhões de toneladas métricas em 2021.

Os volumes de carga aérea nos 10 principais aeroportos, representando coletivamente cerca de 25% (31,5 milhões de toneladas métricas) dos volumes globais em 2021, aumentaram 12,1% em 2021 ano a ano (ou 15,0% em relação aos resultados de 2019). O ganho pode ser atribuído ao aumento contínuo da demanda por bens de consumo online e produtos farmacêuticos.

O Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKG, 5,0 milhões de toneladas métricas, +12,5%) voltou ao topo e o Aeroporto Internacional de Memphis (MEM, 4,5 milhões de toneladas métricas, -2,9%) voltou à segunda posição, seguido pelo Aeroporto Internacional de Shanghai Pudong ( PVG, 4,0 milhões de toneladas métricas, +8,0%) em terceiro.

ACI World estima que houve mais de 69 milhões de movimentos globais de aeronaves em 2021, representando um ganho de mais de 12% em relação a 2020. Os 10 principais aeroportos representam cerca de 8% do tráfego global (5,3 milhões de movimentos) e tiveram um ganho de 33,9% ano a ano, ainda representando uma queda de 16,1% em relação a 2019.

O Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson Atlanta (ATL, 708 mil movimentos, +29,1%) lidera, seguido pelo Aeroporto Internacional Chicago O’Hare (ORD, 684 mil, +27,1%) e Aeroporto Internacional Dallas/Fort Worth (DFW, 652 mil, +26,7%). Todos os 10 principais aeroportos para movimentos de aeronaves estão nos Estados Unidos.

CARGA (TONELADAS MÉTRICAS)*

image.png

*Carga: fretes e correios carregados e descarregados em toneladas métricas

** Inclui frete em trânsito

FRETE INTERNACIONAL (TONELADAS MÉTRICAS)*

image.png

*Frete internacional carregado e descarregado em toneladas métricas

** Inclui frete em trânsito

MOVIMENTOS DE AERONAVE*

image.png

*Movimentos: pousos e decolagens

Com informações da Assessoria de Imprensa AP Comunicação 

Principais da Semana