Combate ao tráfico internacional de vida silvestre será um dos temas do ACI AIRPORT DAY

Aeroporto Internacional de Brasília é primeiro aeroporto do Brasil signatário da Declaração do Palácio de Backingham, que reúne organizações de todo o mundo

O Aeroporto Internacional de Brasília, operado pela Inframérica, membro do escritório regional na América Latina e Caribe do Conselho Internacional de Aeroportos (ACI-LAC), é o primeiro aeroporto do Brasil a assinar a Declaração do Palácio de Buckingham contra o tráfico ilegal de vida selvagem. O documento é assinado por empresas e organizações de todo o mundo que se comprometem a identificar suspeitos do comércio ilegal, compartilhar informações entre si e órgãos públicos e desenvolver mecanismos conjuntos de atuação.

A Declaração do Palácio de Buckingham é parte de uma campanha liderada pela ONG Unidos pela Vida Selvagem (United for Wildlife), criada em 2014 pelo Príncipe William, com o objetivo de envolver aeroportos, empresas de transporte marítimo, companhias aéreas e agências governamentais para identificar e facilitar ações de combate ao tráfico de vida selvagem, lideradas pelo setor privado. Na América Latina e Caribe, além do Aeroporto Internacional de Brasília, é também signatário da Declaração o Aeroporto Ecológico de Galápagos, no Equador, operado por Corporación América Airports, holding também do terminal brasilieinse.

No dia 3 de maio de 2022, durante o ACI AIRPORT DAY BRASIL, evento organizado pelo Conselho Internacional de Aeroportos, o  vice-presidente e diretor de operações da Inframérica no Brasil, Juan Djedjeian, apresentará a experiência do aeroporto na fiscalização do tráfico e na conscientização de funcionários e passageiros em relação ao comércio ilegal de plantas e animais silvestres.

O tráfico de espécies silvestres é uma grave ameaça à biodiversidade. Em relação apenas aos danos à fauna, 38 milhões de animais silvestres são retirados da natureza no Brasil todos os anos e 9 de cada 10 morrem antes de chegar às mãos do consumidor final, de acordo com a Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas). É um comércio que movimenta anualmente cerca de US$ 2 bilhões, atrás apenas do tráfico de armas e de drogas. No mundo, estima-se que o tráfico de vida selvagem movimente em torno de US$ 23 bilhões.

Em junho de 2021, o Conselho Internacional de Aeroportos (Airports Council International / ACI World) publicou orientações para seus membros com o intuito de combater o comércio ilegal global de espécies protegidas de animais selvagens e plantas. O “Manual de Combate ao Tráfico de Vida Selvagem” de ACI foi desenvolvido com o apoio da USAID ROUTES (Reducing Opportunities for Unlawful Transport Endangered Species Partnership) para ajudar os aeroportos a lidar com este crime global. O documento oferece estudos de caso detalhados sobre o trabalho abrangente e estratégias individuais de aeroportos envolvidos neste desafio global e baseia-se na experiência daqueles que têm desempenhado um papel ativo contra o tráfico de vida selvagem. Também fornece orientação aos aeroportos, independentemente de seu tamanho ou localização, sobre sua função e como trabalhar com outros parceiros da indústria, como as companhias aéreas, e autoridades públicas, como agentes alfandegários.

“ACI defende uma política de tolerância zero ao comércio ilegal de vida selvagem e considera bem-vindo o compromisso do Aeroporto Internacional de Brasília, um dos membros da Força-Tarefa de Prevenção ao Tráfico de Animais Selvagens da ACI, assinando a Declaração do Palácio de Buckingham e aderindo ao enfrentamento deste crime”, disse Rafael Echevarne, diretor-geral de ACI-LAC.

“A indústria da aviação está em uma posição ideal para apoiar essa luta e, ao trabalhar com nossos parceiros de ROUTES para fornecer recursos como este manual, continuamos a ajudar a aumentar a conscientização e incentivar a comunidade a apoiar a proteção da biodiversidade”, concluiu Luis Felipe de Oliveira, diretor-geral de ACI World.

Baixe o  “Manual de Combate ao Tráfico de Vida Selvagem”, clicando aqui.

Acompanhe as novidades sobre ACI-LAC no Twitter em @ACI_LAC e no Linkedin | #ACIAirportDayBrasil 

Com informações da Assessoria de Imprensa AP Comunicação

Principais da Semana