O voo comercial internacional mais curto do mundo

10 minutos, 10 passageiros: é esse o itinerário do voo que virou atração turística e conecta viajantes em busca de exclusividade de Sint Maarten até Anguilla

A viagem para uma ilha remete sempre a um roteiro de experiências exclusivas em um ambiente intimista. Reservado é a palavra que buscamos aqui e, quando a chegada ao destino já começa inusitada, a garantia de momentos memoráveis fica intrínseca. É isso que acontece com os viajantes que decolam a bordo do Britten-Norman BN-2 Islander, da companhia aérea Anguilla Air Services, que liga os aeroportos internacionais das ilhas de Sint Maarten (lado holandês da ilha que é dividida com a França, cujo lado chamamos de Saint Martin) e Anguilla, no Caribe.

Com menos de 10 minutos, essa conexão está no ranking dos voos comerciais internacionais mais curtos do mundo e dispensa qualquer serviço de bordo, pelo pouco tempo de duração e já que o show fica por conta da vista deslumbrante das águas cristalinas do mar do Caribe. O voo tem capacidade máxima de 10 passageiros e já se tornou um passeio turístico por si só na região.

Os brasileiros que querem viver essa experiência memorável podem considerar como melhores opções o voo para Miami (Latam, American Airlines) ou para o Panamá (Copa Airlines), seguidos de conexão para Sint Maarten, no Aeroporto Internacional Princesa Juliana (que também virou atração turística, pois uma das cabeceiras da pista é vizinha à praia de Maho, rendendo ótimas fotos), e de lá para o Aeroporto Internacional Clayton J. Lloyd, localizado na região centro-sul de Anguilla.

O voo expresso que chega a Anguilla, o paraíso ultramarino britânico que já ganhou diversos prêmios internacionais de publicações especializadas em turismo, banhado por 33 praias de areia branca e repleto de restaurantes e hotéis de categoria internacional, no Caribe, é um luxo para os turistas, mas também extremamente importante para os moradores da ilha. Dependentes do turismo, a maioria das famílias anguilanas tem pelo menos um membro trabalhando no setor e esse voo curto é crucial para a movimentação na região.

Há outras formas de chegar a Anguilla, como voos fretados ou particulares, barcos privados (já que a ilha não costuma aceitar grandes navios de cruzeiro), voos regionais de outras ilhas do Caribe, o novo voo direto entre Miami e Anguilla, operado pela American Airlines, ou ainda de ferry, a partir de Saint Martin (o lado francês da ilha vizinha).

Para mais informações sobre Anguilla, visite www.ivisitAnguilla.com

Com informações da Assessoria de Imprensa

Principais da Semana