LATAM prevê retomar 102% da sua oferta doméstica de assentos no Brasil em junho

Companhia está pronta para a alta temporada de julho, quando terá quase 3 mil voos extras no País.

Em julho, LATAM também retomará operações em Roma e começará a voar para Montes Claros, Juiz de Fora, Cascavel e Caxias do Sul

A LATAM prevê retomar no Brasil até 102% da sua oferta doméstica de assentos em junho de 2022, na comparação com o mesmo mês de 2019 (antes da pandemia de Covid-19). No Brasil, a companhia programou para este mês uma média de 540 voos domésticos por dia para 50 destinos nacionais (antes da pandemia eram 44).

Nas rotas internacionais a partir do Brasil, a LATAM prevê recuperar em junho até 60% da sua oferta de assentos e já restabeleceu voos para 19 destinos: Assunção, Barcelona, Bogotá, Buenos Aires/Aeroparque, Buenos Aires/Ezeiza, Cidade do México, Frankfurt, Lima, Lisboa, Londres, Madri, Mendoza, Miami, Milão, Montevidéu, Nova York, Orlando, Paris e Santiago.

No Brasil, em maio de 2022, a LATAM registrou uma demanda de passageiros de 91,6% e uma oferta de assentos de 100,2% no mercado doméstico do Brasil em comparação com maio de 2019, resultando em uma taxa de ocupação de 72,6%.

Operação global do grupo LATAM

Somadas todas as suas filiais, o grupo LATAM prevê recuperar até 74% da sua oferta total de assentos em junho de 2022, na comparação com junho de 2019 (antes da pandemia de COVID-19). Além disso, prevê operar neste mês quase 1.123 voos domésticos e internacionais por dia para 133 destinos em 21 países. Na divisão de cargas, a companhia programou 1.220 voos em aeronaves cargueiras. Todas as projeções estão sujeitas à evolução da pandemia nos países em que o grupo opera.

Ao todo, em maio de 2022, e na comparação com maio de 2019, o grupo LATAM registrou uma demanda de passageiros de 69,6% e uma oferta de assentos de 73,1%, resultando em uma taxa de ocupação de 79,6%. Já no transporte de cargas, registrou uma ocupação de 58% com um aumento de 1,6% em relação a maio de 2019.

LATAM está pronta para a alta temporada no Brasil

Para a alta temporada de julho de 2022, no Brasil, a LATAM programou quase 3 mil voos domésticos e internacionais. O aumento das decolagens em relação a junho de 2022 visa atender à crescente demanda por viagens domésticas e internacionais no País em um momento de retomada do turismo de lazer e durante o mês tradicionalmente caracterizado pelas férias escolares.

Os principais incrementos no mercado doméstico são nos voos com destino ao Nordeste brasileiro a partir de São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Rio de Janeiro (Santos Dumont); Brasília e Fortaleza. No mercado internacional a partir do Brasil, a companhia ampliará seus voos para Santiago, Buenos Aires, Miami e Orlando.

Além de incrementar a frequência de voos semanais em algumas rotas ao longo do mês de julho, a LATAM também retomará rotas que foram suspensas temporariamente, como os voos diretos entre Porto Alegre e Lima e Fortaleza-Miami, e dará continuidade às estreias planejadas e mantidas para 2022. Isso porque, em julho, a companhia vai estrear 5 novos destinos no exterior e no Brasil: Roma, Montes Claros, Cascavel, Caxias do Sul e Juiz de Fora. Com essas estreias, a companhia alcançará as marcas de 54 destinos nacionais e de 20 no exterior em voos a partir do Brasil.

Para atender ao crescimento desta demanda, a companhia encerrou o mês de maio com cerca de 1.800 pessoas contratadas no País desde o início de 2022. Foram contratados novos colaboradores para diversas áreas, inclusive para Manutenção, Aeroportos, Cargas e Operações.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Principais da Semana